O que você achou da capa do livro "Memórias de um adolescente"

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Não importa


Os momentos que passamos juntos,
a vida que planejávamos ter,
o presentes que prometemos trocar:
Nada disso importa mais.
Aquele fim de tarde na praia não é mais tão alegre,
soa triste como o dourado que desce lentamente.
A música no rádio permanece incontrolável,
e os olhos marejam ao som de seus lírios.
São como flores mortas, lindas e infelizes,
acabadas pelo tempo.
Com os pés na areia e andando solitário,
com o vento as minhas costas levantando os meus cabelos,
seguindo em direção ao infinito,
sem saber onde encontrá-lo,
porque nada disso importa:
É o fim pra nós.

6 comentários:

Bárbara disse...

OI amor!
Gostei muito do texto...
To anciosa p ler seu livro logo...

Bjuzz...

Te amo!

Hélder, o míope disse...

Muito bonito o texto.
Imagine se todo fim fosse tão suave.

x)

abç.

NANDO DAMÁZIO disse...

Muito bom mesmo, gostoso de ler, palavras suaves e marcantes !!
Achei interessante a sinopse do livro, dá vontade de ler ..
Eu também escrevi um e publico no meu blog em capítulos duas vezes por semana, já nos outros dias falo de outros assuntos .. A idéia é mais ou menos parecida ..
Gostei daqui e voltarei mais vezes ..
Abração, té + !!

alex e! disse...

...tenho sido tentado a imaginar que, na verdade, todo fim é um recomeço, que estamos sempre em um ciclo que se renova constantemente ao longo de seu próprio caminho. Só não dá pra saber quando por final dairemos dele...

mADAME F. disse...

http://www.faraway.blogger.com.br/

Que triste... Tão deprimente...

Acabou algum romance? :/

Ruim quando acontece... Mas tudo tem uma finalidade. Depois a gente descobre qual é.



CHEIRO.

Andréia disse...

tudo nessa vida tem um fim neh? mas acho q esse tipo de "fim" é o pior.. (depois da morte claro..pq aí n tem volta)