O que você achou da capa do livro "Memórias de um adolescente"

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Balto

Estátua de Balto erguida no Centra Park, em Nova York


Quem nunca viu em uma manhã de sábado na globo aquela velha história do cachorro vira-lata metade lobo metade husky siberiano que salva todo mundo?


Pois é. A pouco tempo atrás eu descobri que aquela história é real.





Balto(nascido em 1922, falecido em 14 de março de 1933) vivia na cidade de Nome, no Alasca. Em 1925 houve uma epidemia de difteria em Nome, e que se alastrou entre as crianças da cidade. Por causa das nevascas que bloquearam todos os meios de comunicação, era impossível a chegada de medicamentos. A única solução para obter os remédios seria a utilização de um trenó puxado por uma matilha de cães e liderado por Balto. O condutor Gunnar Kaasen percorreu 1600 quilômetros para chegar à Nenana e voltar com as antitoxinas.
Uma estátua de Balto foi erguida em Nova Iorque para homenagear todos os cães que participaram da corrida.

Em 1995, a Universal Pictures lançou um filme de animação chamado Balto, inspirado nos acontecimentos de 1925







Taí a prova de que os cães são realmente os melhores amigos do homem. Independente de estarmos destruindo o planeta em que eles vivem(que por acaso também é o nosso), eles sempre estão lá para nos salvar e fazer companhia nas tardes entediantes.

10 comentários:

Lá Cristina disse...

Os cachorrinhos são mesmo uma gracinha!

Respondendo ao seu comentário:
Que confusa essa contagem de dias para o Carná. Seria muito mais prático colocar uma data fixa!

Beijitosssss

ImaGINE disse...

hmmm...
esse filminho é realmente lindo...

paz a Balto e a tds os caezainhos do mundo...

beeeejo

Andréia disse...

poxa que lindo! imagina se eles fossem vingativos como nós? iriam querer sair nos atacando pra demostrar a revolta pela nossa incapacidade de manter um planeta em perfeitas condições...

beijos

Aninha disse...

eu jah assiti este desenho mtas vezes, acho ele mto fofinho
=D
adoro cachorros! mas hj em dia prefiro passarinhos como canário, calopsytas e periquitos q tb saum otimos companheiros!
Besos
=)

Hélder, o míope disse...

Já assisti!
É legal mesmo. E que bom que a história é verídica. Os animais tem seu valor.

abç.

mADAME F. disse...

http://www.faraway.blogger.com.br/index.html

Que lindooo! *.*

Hoje mesmo chorei pela minha gata. Respeito muito os animais. Amo todos.

Depois passa lá que atualizei.

Um cheiro grande.

Cackau Loureiro disse...

Que legal...

eu não sabia não!

alex e! disse...

...nossa, que legal, eu não sabia dessa história. Além disso, adoro cães (pena que não posso ter um...)...

ฑคh disse...

Aff... num sabia q era verdade.
Os cães são verdadeiramente muuuuito amigos msmo... muito fofa a história!
bjin...

Bárbara disse...

Nossa a historia desse cãozinhu é msm mt linda!
Eu nunca tinha visto ou nem ouvido fl dele, mais qd vc me conto axei interessante!
Vou procurar assisti ele!
E cm vc msm qr amor, vamos ter mts cachorros,e espero q pelo menos um dls se pareça cm o Balto, naum fisicamente, mais q tenha a msm força q ele tinha em salvar a tds e faze sempre o bem!


Bjuzz...
Te amo!