O que você achou da capa do livro "Memórias de um adolescente"

domingo, 23 de dezembro de 2007

São suas crianças

Adaptado da Música Mary-Lou - Sonata Arctica



Mamães ponham suas crianças para dormir,
essa história é muito cruel para elas.
No ginásio ela disse adeus à seus pais
e foi embora com um garoto.
Ela deixou sua família tão boa e calorosa.
Todos os seus amigos disseram "você está louca".
Mas ela descobriria a vida por ela mesma.
É segunda-feira e ela tem que trabalhar.
Um emprego de garçonete ela certamente achará.
Seu rosto era lindo e sua mente de criança.
O garoto a engravidou, Amanda chorou:
"Sou jovem para isso".
Ele disse "está acabado".
Estava tão assustada porque ele ia embora.
O desespero tomou conta, ela mandou uma carta.
"Mamãe me leve de volta, seja bondosa.
Sou apenas uma criança, imprudente e selvagem,
que precisa voltar para casa."
Mãmãe sabe das coisas.
"Ele prometeu a lua mas não casou com você."
"Não há nada fazer"
Ela comia por dois,
e ele está saindo com uma garota nova.
Sol ou chuva, é tudo o mesmo,
a vida não é tão cinza.

Mamães suas crianças ainda dormem,
Na segurança de seus doces berços.
A história que eu contei eu presenciei,
Seu anjinho não será sempre tão limpo.
Os dias que virão não são fáceis de se ver,
Você pode mudá-los mas não serão livres.
Eu vejo que você não acredita, ooo-oo,
mas você verá.
Serão apenas crianças, imprudentes e selvagens,
que um dia precisarão voltar para casa.





Clique aqui e conheça o blog da minha namorada Barbara

8 comentários:

alma livre disse...

ehh...muitas pessoas naum veem desta forma msm...mas pra mim tem muito significado!
abraços
Laurinha

Bruno Braga disse...

Muito bom texto..
e fica o alerta né..
abraço brother..

alma livre disse...

naum sei se o mundo está de ponta cabeça ou se somos nós que estamos vendo tudo invertido...
lindo texto...
abraços
Laurinha

Joyce Carla disse...

ahauhauhauhauhauha
eu tava lá comentando no da sua linda e vim ver o seu...
nuss...
ahauhauhauaha
massaa...
vcs dois ecrevem pra caramba!!
bjuuus
=*
ahuahauhauhauah

tarciso disse...

Ivan, apesar da célere passagem do tempo, me alegro ao cultivar um aspecto que se renova constantemente e mantém uma parcela de mim eternamente adolescente... O que seria da maturidade sem essa nuance quase inconsequente da juventude?! Mas, como na referência de seu texto, é um período que também pode gerar muitas dores tanto aos jovens e aos seus pais...

Bruno Eleres disse...

Texto legal, embora tenha achado um pouco inocente, sei lá... rsrs

Se der, leia meus textos e comente-os ^^'

Amanda Bia disse...

que triste!!! e vc usou meu nome!!! eu sei que sou melancólica! combinou!
beijos!

Bárbara disse...

O pior é que isso é real!
A vida da voltas e voltas e nem sempre é do jeito q queremos, as coisas acontecem quando tm q acontecer!
Mais temos q saber lidar cm ela e cm tudo!
Temos q saber o nosso rumo!

Lindo texto amor!
Te amo...


Bjuzzzzzzzz....