O que você achou da capa do livro "Memórias de um adolescente"

quinta-feira, 6 de março de 2008

Para a minha irmã.

"Para a minha Irmã" de Jodi Picoult

Sinopse na contra-capa:
«Anna não está doente, mas bem poderia estar. Aos treze anos e idade já passou por várias operações, transfusões e injeções para ajudar a irmã, Kate, que sofre de leucemia. Anna nasceu com esta finalidade, disseram-lhe os pais, e é por isso que eles a amam ainda mais. Mas agora ela não pode deixar de se questionar sobre como seria a vida dela se não estivesse presa à irmã... e toma uma decisão que, para a maioria das pessoas da sua idade, seria quase impensável.»

Se dependesse de nós salvar um familiar próximo, a nossa irmã que tanto amamos, não hesitaríamos em doar sangue, medula, até um rim... mas essa seria uma escolha nossa, não seria a escolha que outros fariam por nós. Anna, a protagonista desta narrativa, sente-se dividida entre ajudar a irmã que está a morrer e as dúvidas sobre a sua própria existência nesta família visto que foi gerada com o fim de salvar a irmã a quem foi diagnosticada uma forma grave de leucemia. Mais um livro desta autora que aborda um assunto polêmico e emocionalmente perturbante. Mais uma leitura que nos prende da primeira à última página... e com um final surpreendente e dolorosamente inesperado!
.
«Se usasse um dos seus filhos para salvar outro, estaria a ser uma boa mãe... ou uma péssima mãe?»


Esse livro da Jodi em 2009 será um filme. Os atores serão Sofia Vassilieva (Eloise no Plaza), de 15 anos, fazendo o papel de Kate e Abigail Breslin, de 12. Breslin, indicada ao Oscar no ano passado por Pequena Miss Sunshine, será Anna, a menina que decide processar os pais, exigindo emancipação. Eles a conceberam através de combinação genética com o intuito de prolongar a vida da irmã mais velha (Sofia), que sofre de câncer. Cameron Diaz (As Panteras) será a mãe das garotas, uma advogada que vai a corte se defender; Alec Baldwin (Os Infiltrados), o advogado da menina. O roteiro ficará a cargo de Jeremy Leven e a produção será de Mark Johnson, também parceiros em Diário de Uma Paixão, outro filme dirigido por Cassavetes.



Taí uma boa indicação

3 comentários:

Ana Fernandes disse...

Nunca mais escrevi nada, e por isso deixei meu blog de lado, mas deu uma vontaaaade de passar aqui.

Tu é daltônico! que legal!
Outra curiosidade sobre o daltonismo é que uma doença(?) exclusiva para homens. ueheuheuheu
é sério.

Já estou ansiosa pela estréia desse filme.
A questão é bem delicada mesmo.
não sei o que faria, mas tenho quase certeza de que não levaria meus pais à Corte.
Talvez eu fosse uma revoltadinha, ou se eu fosse mais esperta, poderia canalizar minha revolta ao meu favor, quero dizer, exigir um tratamento de rainha e ter tudo uehuehe
mas vai saber...

Ana Fernandes disse...

sério?! não pode seeeer!

ImaGINE disse...

hmmm
enredo bacana


ele quere mesmo ser crítico de cinema...
boa pedida, o faz mto beem

=***