O que você achou da capa do livro "Memórias de um adolescente"

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Irreabil



Senti o vento fortíssimo no meu rosto
a gravata voava para trás
a maleta já fora a muito.
Olhava para baixo e todos pareciam formigas
e algumas dessas começavam a se aglomerar
no meu local de desejo.
Malditos curiosos.
Era frio ali.
Estonteante.
Quase perdi o equilíbrio.
Quisera eu ter perdido.
A multidão aumentava
tem que ser agora, pensei.
Tem que ser.
Ouvi vozes, ouvi passos.
Agora! Pule! Vá!
Meus pés se arrastaram lentamente para a ponta
era agora, estava acontencendo.
meu corpo estava se inclinando
85 graus, 80 graus, 75 graus
aos 60, parou.
Mãos me puxavam forte
colocaram-me numa maca
desceram-me do prédio
levaram-me numa ambulância
internaram-me.
Tentei remédios.
funcionaram:
morri.


Contra a depressão, não há nada como chocolate e amor.

3 comentários:

Joyce Carla disse...

Ivan, vlw pelo selinho!!!
Eu tbm estou te encaminhando um.
Claro, se vc quiser.
Está no meu blog!
bjaummm

Joyce Carla disse...

O.o
Sabe, da última vez eu não tinha lido a postagem, mas dessa vez eu fiz questão de ler e fiquei meio assustada.
kkkkkkkkkkkkkkk
Principalmente com o final.
Mas é interessante. e sim, concerteza não há nada melhor para combater depressão do que o amor. ^^
Ah, olha só, sei que na última postagem eu te indiquei pra um selo, inclusive, se vc quiser... ele está numa postagem mais antiga. É só vc clicar no marcador: Selo.
MAs dessa vez eu te indiquei para um meme muito interessante. Eu realmente gostei.
Se quiser, passa lá.
E o que aconteceu que vc tbm sumiu?
Férias mesmo?
bju pra ti e Babi.

ImaGINE disse...

esses teus textos suicidas me deixam meio triste, bela descrição garoto
beeejos